A linha hidrosanitária é muito ampla, engloba desde as louças e metais para banheiro até os registros e válvulas de descarga. O mercado apresenta uma linha completa de produtos hidrosanitários, com diferentes cores e design. Os fabricantes estão sempre investindo em tecnologia e desenvolvendo produtos e dispositivos que atendam às necessidades dos seus clientes. Atualmente, uma grande parte dos lançamentos é de produtos economizadores de água, todos voltados especificamente para o uso racional.

O Laboratório Tork conta com equipamentos específicos desenvolvidos para realizar testes em torneiras, misturadores, registros, ligações flexíveis, sifão, válvulas de escoamento, duchas, entre outro produtos sanitários. Entre em contato solicite sua cotação de ensaios em produtos sanitários.

TORNEIRAS – ABNT NBR 10281

Produto instalado no ponto de utilização que permite abrir, fechar ou regular o fluxo de água por meio do mecanismo de vedação. Pode ser instalado na parede ou na bancada.
Principais Testes realizados em Torneiras pela TORK:
• Verificação da vazão mínima
• Verificação da dispersão do jato em 20s
• Verificação da estanqueidade
• Verificação ao torque de acionamento • Verificação da resistência ao uso (água quente e/ou fria)
• Verificação da resistência ao torque excessivo
• Verificação ao torque de montagem na instalação
• Verificação da conexão de entrada
• Inspeção visual
• Inspeção dimensional
• Corrosão por exposição à Nevoa Salina
• Aderência do Revestimento Eletrolítico através do Choque Térmico.

REGISTRO GAVETA – ABNT NBR 15705
Componente de bloqueio instalada em tubulações de instalações hidráulicas prediais, destinada à interrupção eventual da passagem de água. Seu uso mais comum é como o “registro geral”. Deve ser utilizado totalmente fechado ou totalmente aberto.

REGISTRO NÃO COMPRESSÍVEL – ABNT NBR 15704-2
Válvula de pequeno porte, instalada em sub-ramal ou em ponto de utilização, destinada a regular a vazão de água, assim como sua abertura e seu fechamento, pelo deslocamento de superfícies vedantes.

REGISTRO DE PRESSÃO – ABNT NBR 15704-1
Válvula de pequeno porte, instalada em sub-ramal ou em ponto de utilização, destinada a regular a vazão de água, assim como sua abertura e seu fechamento, pela movimentação de um vedante elastomérico contra uma sede. Componente instalado na tubulação com o objetivo de controlar a vazão da água, ou seja, pode ser usado total ou parcialmente aberto ou fechado. O uso mais comum desse componente é na alimentação dos chuveiros, duchas, máquinas de lavar louças e máquinas de lavar roupas.
Principais Testes realizados em Registros pela TORK:
• Verificação da estanqueidade à pressão interna
• Verificação da resistência ao torque de operação
• Verificação da resistência ao torque de montagem nas instalações
• Determinação do coeficiente K de perda de carga
• Verificação do alinhamento das roscas de entrada e saída • Verificação da resistência ao uso (água quente e/ou fria)
• Inspeção visual
• Inspeção dimensional
• Corrosão por exposição à Nevoa Salina
• Aderência do Revestimento Eletrolítico através do Choque Térmico.

SIFÃO – ABNT NBR 14162

Destinado a permitir o escoamento das águas servidas domésticas para a instalação predial de esgotos e garantir que não ocorra a passagem de gases na direção oposta.
Principais Testes realizados em Sifão pela TORK:
• Verificação da vazão de descarga
• Verificação da capacidade de retenção do fecho hídrico
• Verificação da capacidade de alto limpeza
• Verificação da estanqueidade
• Verificação da resistência das partes rosqueadas ao torque de montagem
• Verificação da resistência choque térmico
• Verificação de comportamento ao calor
• Verificação do fissuramento sob tensão
• Inspeção visual
• Inspeção dimensional
• Corrosão por exposição à Nevoa Salina
• Aderência do Revestimento Eletrolítico através do Choque Térmico.

APARELHOS HIDRÁULICOS AUTOMÁTICOS – ABNT NBR 13713

Os aparelhos automáticos são aqueles utilizados nos sistemas hidráulicos prediais com a finalidade de otimizar o consumo de água, propiciando economia e preservação do recurso natural. Estes aparelhos se caracterizam pelo acionamento mecânico do produto (abertura) feito pelo usuário e com a interrupção do fluxo de água (fechamento) feita automaticamente pelos componentes internos do aparelho automático.
Principais ensaios realizados pela TORK:
• Verificação da estanqueidade
• Verificação da vazão
• Verificação do Volume de Água por Ciclo
• Determinação da Força de Acionamento
• Verificação do Ciclo de Funcionamento
• Verificação da Resistência ao Uso
• Verificação ao torque de instalação.

ABNT NBR 14788 – Válvulas de Esfera

As válvulas de esfera são aquelas normalmente utilizadas para bloqueio de qualquer fluido em linhas de uso geral, onde o fluido transportado e os materiais empregados das válvulas devem ser compatíveis entre si.

Este tipo de válvula se caracteriza pela forma esférica do elemento de vedação que gira em torno de si mesmo, alinhando suas aberturas com as existentes no corpo da válvula, requerendo tão somente um quarto de volta para operação.

O corpo deste tipo de válvula pode ser inteiriço
ou dividido em duas ou em três partes e a esfera pode ser com passagem total (plena) ou reduzida.

ABNT NBR 14877 – Ducha Higiênica

As duchas higiênicas são aquelas utilizadas para higiene íntima ou parcial. Esses aparelhos se caracterizam pela praticidade de seu emprego na higiene pessoal, quando instalados nos ambientes de banho e sanitários em geral.

As duchas higiênicas podem ser instaladas junto a bacias sanitárias, bidês ou lavatórios. A ducha higiênica é constituída basicamente de um registro de pressão externo, ligado a uma ducha manual através de ligação flexível, que propicia a abertura ou fechamento instantâneo do fluxo de água, previamente regulado pelo registro de pressão externo, através de acionador posicionado junto à ducha manual.

Quando em repouso, a ducha manual é fixada em um suporte apropriado, que faz parte do conjunto ducha higiênica, instalado junto à parede.

ABNT NBR 14878 – Ligações Flexíveis para Aparelhos Hidráulicos Sanitários

As ligações flexíveis, são aquelas utilizadas para a adução de água potável, quente ou fria, constantemente pressurizada ou não, do ponto de instalação ao aparelho hidráulico sanitário, bem como aquelas para a adução de água potável, quente ou fria, do aparelho hidráulico para as duchas manuais.

As ligações flexíveis abrangidas neste contexto são utilizadas:
• Nas ligações do ponto de instalação aos aparelhos hidráulicos sanitários;
• Como componente de ligação de aparelhos hidráulicos sanitários às duchas manuais.

ABNT NBR 15206 – Instalações Hidráulicas Prediais – Chuveiros ou Duchas

Esta Norma estabelece os requisitos e métodos de ensaio relativos ao projeto, fabricação, desempenho e manutenção dos chuveiros ou duchas destinados a instalações hidráulicas prediais de água quente e fria.

O chuveiro (ducha) é um dispositivo constituído de corpo, crivo e elemento de ligação, cuja função é fornecer água com vazão e forma adequada à higiene pessoal.

Nota:
Esta Norma não se aplica aos chuveiros do tipo elétrico (com resistência).

ABNT NBR 15267 – Misturadores Monocomando para Lavatório
– Requisitos e Métodos de Ensaio
Os misturadores monocomando para lavatório são aqueles utilizados nas instalações hidráulicas prediais de água potável fria e quente, com a função de propiciar a higiene. O misturador monocomando é constituído basicamente de corpo, alavanca, mecanismo de controle, ligação flexível, arejador e dispositivo de fixação.

O termo monocomando refere-se ao aparelho instalado em bancada ou lavatório, o qual, por meio de um único mecanismo de controle, proporciona controle do fluxo de água, mistura da água quente e água fria e fechamento.

ABNT NBR 16749 – Aparelhos Sanitários
– Misturadores
Os misturadores são aparrelhos dotados de dois volantes (manípulos), destinados às instalações hidráulicas prediais de água potável quente e fria.

Os misturadores são aplicados para pia de cozinha e de lavatório, de entrada horizontal e vertical, bem como os mecanismos de pressão e não compressíveis.

ABNT NBR 15423 – Válvulas de Escoamento

As válvulas de escoamento tratadas por esta Norma são aquelas utilizadas nas instalações prediais de esgoto, com a função de propiciar o escoamento de fluidos provenientes de cubas ou tanques, até um desconector ou sifão. As válvulas de escoamento são constituídas basicamente de corpo, cestas ou tampões e, elementos de fixação/vedação.

As válvulas de escoamento são componente destinado a condução da água de um recipiente para um desconector, o qual, posteriormente, fará o escoamento da água para o sistema de esgoto. Pode ter a característica de manter a água confinada por um determinado período de tempo, de acordo com a necessidade do usuário.

ABNT NBR 16750 – Tubo Extensível para Escoamento

Os tubos extensíveis para escoamento destinados a escoar as águas utilizadas nas pias, lavatórios, mictórios, tanques e bidês. O tubo extensível para escoamento é um dispositivo acoplado a um aparelho sanitário, destinado a permitir o escoamento das águas servidas domésticas para a instalação predial de esgotos e caracteriza-se pela capacidade de variar o seu comprimento em no mínimo 1,5 vez

Nota: Não se aplica aos tubos extensíveis para escoamento integrados a aparelhos sanitários, como bacias sanitárias ou mictórios.

ABNT NBR 16728-1 – Tanques Lavatórios e Bidês
ABNT NBR 16727-1 – Bacia Sanitária

TANQUE – Cuba cuja principal função é lavar roupas.

CUBA – Lavatório cuja principal função é lavar o rosto e as mãos.

BIDÊ – Aparelho sanitário destinado à higienização das partes íntimas.

BACIA SANITÁRIA – Aparelho ligado à instalação predial de esgoto sanitário e destinado a receber dejetos humanos